O presidente do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed-MT) Adeíldo Lucena considera a Empresa Cuiabana de Saúde Pública, que administra o Hospital Municipal de Saúde (HMC) e o Hospital São Benedito, uma “caixa preta”.

Um dos problemas, segundo ele, é a terceirização, ou seja, a contratação de empresas que fornecem médicos, burlando a necessidade de se fazer concurso.

O sindicalista afirmou ainda que há médicos que estão sendo contratados em regime de “quarteirização”, o que significa dizer que eles são contratados pelas empresas que já prestam serviço terceirizado nos hospitais municipais.