Neste domingo (27), durante a cerimônia do 94º Oscar, Will Smith e Chris Rock se desentenderam enquanto o comediante anunciava a categoria de Melhor Documentário, do qual Summer of Soul (…ou, Quando a Revolução Não Pôde Ser Televisionada) saiu vitorioso.

Chris fez uma piada com o fato de Jada Pinkett Smith, esposa do ator de King Richard: Criando Campeãs, estar careca. Ele comparou a atriz com Demi Moore em Até o Limite da Honra. Em resposta, Will subiu ao palco e deu um tapa em Chris. “O nome da minha mulher não vai ficar na sua boca”, declarou o ator posteriormente.

Jada sofre de alopecia, uma doença autoimune em que ocorre a perda de cabelo ou pêlos em diferentes partes do corpo. Em outras ocasiões, a artista chegou a falar sobre as dificuldades em lidar com essa condição. “Foi aterrorizante quando começou. Eu estava no chuveiro um dia e então tinha um monte de cabelo na minha mão, eu fiquei tipo, ‘Meu Deus, estou ficando careca?’”.

Ao receber o Oscar de Melhor Ator, Will pediu desculpas à Academia pelo desentendimento com Chris Rock. “O amor faz a gente fazer coisas loucas”, disse.

O ator ainda fez menção à história do filme em paralelo à sua própria vida, de que, assim como Richard Williams, ele é “um grande defensor da família”. “Estou recebendo um chamado na minha vida para amar as pessoas e para proteger as pessoas. Para ser um rio para o meu povo”, declarou. Dedicou a vitória para toda a equipe do longa, a toda família Williams e aos seus entes queridos.