Uma ação realizada pela vereadora Edna Sampaio (PT) na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Cuiabá, será investigada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), do Ministério Público Eleitoral (MPE).

Na última semana, a parlamentar, que encabeça um movimento denominado “Comitê Lula lá e Edna cá”, usou suas redes sociais para convocar uma panfletagem e um ato de filiação próximo do RU (Restaurante Universitário) da UFMT. Além disso, o projeto ainda ofereceu consulta sobre a situação eleitoral e orientações.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal (MPF), órgão ao qual o MPE é vinculado, acerca do caso e recebeu a confirmação de que o caso será investigado. De acordo com o órgão, um procedimento será instaurado para investigar o caso.

A vereadora, através de sua assessoria, disse que vai aguardar a intimação oficial para só então se posicionar.

Rafael Machado

Repórter | Estadão Mato Grosso

Tarley Carvalho

Editor Online | Estadão Mato Grosso