Batalha judicial milionária entre ator e atriz, que foram casados por 15 meses, prosseguirá nos próximos dias

A defesa de Amber Heard teve um pedido para encerrar o processo movido pelo ex-marido dela, Johnny Depp, negado pelo magistrado que comanda o julgamento do caso. Nesta terça, 3, a lista de testemunhas arroladas pela defesa de Depp foi encerrada, e antes que o lado de Heard indicasse as suas testemunhas, o advogado Ben Rottenborn solicitou o arquivamento do processo, o que acabou não sendo aceito. Depp pede uma indenização de US$ 50 milhões (R$ 250 milhões) por considerar que um artigo publicado por Heard no jornal ‘Washington Post’ em 2018, em que ela se coloca como uma sobrevivente de violência doméstica, prejudicou sua carreira como artista, mesmo que o nome dele não fosse citado diretamente.