O prefeito de Manaus (AM), David Almeida(Avante), defendeu o uso das Forças Armadas para combater a onda de ataques na capital. Até o início da noite desse domingo (6), ao menos 21 veículos e quatro agências bancárias foram incendiadas por traficantes.

O chefe do Executivo manauara conversou com o comandante Militar da Amazônia, general Luís Carlos Gomes Mattos, e com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), sobre as atitudes que devem ser tomadas pelo Estado para enfrentar os ataques.

“Se estão fazendo isso durante a luz do dia, o que virá durante a noite pode ser muito pior. Delegacias já estão sendo atacadas. Temos que invocar a GLO [Garantia da Lei e da Ordem]. Está mais do que na hora de o Exército entrar nas ruas. Não se pode deixar que os marginais tomem conta”, disse ele.

David Almeida disse também que pretende fornecer armas à Guarda Municipal de Manaus para evitar a depredação de espaços públicos pelos traficantes.