A Corregedoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), estaria apurando uma denúncia que envolve a forma de trabalho de uma magistrada em relação a membros do Ministério Público de Mato Grosso (MPMT).

Informações preliminares dão conta de que a denúncia teria partido de advogados em função de sua atuação conjunta com promotores de Justiça. Fotos e outras evidências estariam anexados à denúncia.

O questionamento dos denunciantes seria sobre a imparcialidade tão necessária a todo magistrado. É um caso semelhante ao do ex-juiz Sérgio Moro, com o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol. A corregedoria do TJ analisa a denúncia antes de decidir se o caso será investigado.