Olhar Direto

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Guilherme Maluf, afirmou que atualmente falta ‘kit intubação’ em todos os hospitais regionais do estado de Mato Grosso e que a Corte de Contas irá investigar a razão. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) nega.

Segundo Maluf, o TCE investiga o Estado e os gastos com a pandemia de todas as formas possíveis. “Nesse momento não [há suspeita de irregularidade]. Tudo que a gente tem feito, a gente tem apontado e existe alguns questionamentos. Nessa semana, por exemplo, o Ministério Público de Contas fez um apontamento na falta de insumos para intubação”, completou o presidente.

“Isso tem que ser verificado porque que não se fez um estoque. Ou se existe o estoque e não está sendo utilizado, mas até isso nós estamos também acompanhando. Todos os hospitais regionais estão vivendo esse problema. Aliás, o país todo”, afirmou.

A Secretaria, no entanto, nega que haja esta falta nos hospitais geridos pelo Estado. Veja a nota enviada pela assessoria de imprensa:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) esclarece que os estoques de medicamentos para a intubação de pacientes estão regulares nos hospitais geridos pelo Governo de Mato Grosso. O Estado realizou a compra antecipada destes medicamentos em 2020 e não existe, até o momento, risco de desabastecimento nas UTIs administradas pela SES.