O Palmeiras voltou a repetir os erros cometidos nas finais da Supercopa do Brasil e da Recopa e perdeu para o São Paulo nesta sexta-feira (16), mesmo jogando em casa, no Allianz Parque. O time comandado por Hernán Crespo foi superior nos 90 minutos e saiu vencedor com gol solitário de Pablo, na segunda etapa, após erro na saída de bola do Verdão.

Com o resultado, o Tricolor dispara na liderança do Grupo B, com 19 pontos. Já o Palmeiras é o segundo colocado no Grupo C, com 8 pontos conquistados, e está atrás do RB Bragantino, que tem 14.

O primeiro tempo foi de muita intensidade. O São Paulo não fugia de suas características e ocupava o campo de ataque, pressionando de forma agressiva a saída de bola do Palmeiras. Apesar disso, em termos de chances claras de gol, foi uma etapa inicial devagar.

O lance que mais levou perigo foi na cabeçada de Luciano. Daniel Alves, aberto pela direita, cruzou na cabeça do camisa 11, que testou para o chão, como manda o manual do centroavante. A bola, no entanto, passou raspando a trave do goleiro Vinicius Silvestre.

Na volta do intervalo o São Paulo entrou ligado, mas quem chegou primeiro foi o Palmeiras. Gustavo Scarpa recebeu próximo da área e arriscou de longe, obrigando Thiago Volpi a fazer uma defesa díficil para impedir um belíssimo gol do meia palmeirense.

No entanto, o mesmo Scarpa que produziu a melhor chance do Palmeiras foi quem entregou no gol do São Paulo. O Tricolor pressionou a saída de bola e recuperou duas vezes, em dois erros do camisa 14. Na segunda chance, o time de Crespo não perdoou e Pablo mandou para o fundo das redes, após desarme e cruzamento de Daniel Alves.

O Palmeiras tentou ensaiar uma reação, mas as mudanças de Abel Ferreira não surtiram efeito. Com o time remendado, por conta das duas finais disputadas em uma semana, o Verdão não teve a mesma intensidade do São Paulo, que dominou o jogo durante os 90 minutos e se saiu melhor no Choque Rei.

Próximos confrontos

O Palmeiras volta a campo neste domingo (18), às 20h, para enfrentar o Botafogo-SP, fora de casa. Já o São Paulo joga na terça-feira (20) contra o Sporting Cristal, do Peru, em compromisso válido pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Vale lembrar que, por conta da paralisação do Campeonato Paulista, decorrente da piora da pandemia de covid-19 no Estado, os clubes aceitaram jogar a cada dois dias a fim de cumprir a data prevista para o fim da competição.