Sinopse de Beto Carburador
Nascido no dia 28 de Junho de 1966, na cidade de Cuiabá – MT, Benedito Roberto Vargas Lima, se criou no bairro Dom Aquino, junto com mais 3 irmãos e 1 irmã, sendo o 2° filho homem.
Sempre se mostrou apaixonado por carros, desde sua infância, aos 10 anos de idade começou a trabalha como auxiliar de mecânico em uma pequena oficina na Rua major gama, denominada Cleiton regulagem, onde se deu inicio ao um grande profissional do automobilismo e preparação de veículos automotores, chegando ate mesmo a regular avião monomotor e ultraleve.
Mas o que mais o emocionava, era os motores a ar (boxer), algo que ou tornou referencia no estado de mato grosso nesse tipo de motores, no entanto Beto, como era conhecido por todos, adorava a velocidade, não importava qual motor seria, e sim o desafio de dar potencia a uma pequena, media ou grande maquina.
Nos inícios 80, na famosa avenida do CPA aonde os jovens daquela época se encontravam para mostrar suas maquinas envenenadas e suas habilidades atrás do volante, em corridas emocionantes.
Beto por sua vez não corria, mas sabia roubar a cena, pois muitas das vezes ele pegava um carro desacreditado e sem nenhuma vocação pra pista, conseguia tirar potência e humilhava os grandes carrões da época, deixando seus humildes clientes satisfeitos e felizes, pois com pouco investimento na mão dele, vinham grandes conquistas.
Com passar dos anos, em meados dos anos 90, as corridas automobilísticas foram se profissionalizando, e Beto também ia ganhando fama e se profissionalismo, ganhando status em outros estados como uns do melhores preparadores de veículos carburados, sem perder a sua humildade e simplicidade.
Já nos anos 2000, mato grosso inaugurou a sua primeira pista de arrancada, Beto por suas vez, preparou vários carros que fizeram historia nesta pista, dentre ele, podemos citar Wancley TUT com sua gaiola com motor a ar (boxer), Atila Pedroso com seu Gol com motor Ap, Mario fofoca com seu fusca fora do normal, Afrânio com seu fusca vermelho, alem de muitos outros que Beto preparava e ajudava, só pra ver a felicidade no rosto de um piloto.
No entanto, os seus dias de glorias da corrida de arrancada de Mato grosso ouve seu declínio, chegando a fechar a pista de arrancada por vários anos, mas Beto como um exime lutador e conhecedor das dificuldades, nunca se afastou dos carros preparados, e tinha como seu maior motivador os novos pilotos e empolgados da velocidade que batiam a sua porta, para escutar um pouco das suas historias e seus feitos.
Hoje, no sétimo dia do mês de Dezembro de 2018, Beto foi chamando pra preparar um carro muito importante no céu, o carro do nosso deus, e este chamando, nos deixou abalado e triste, pois, sabemos o quanto ele e bom e profissional, com certeza não o veremos mais nesta vida e sentiremos muito a sua falta, com sua furadeira, suas chaves de fendas, seus chumbinhos furando e acertando carburadores, e repetindo sempre as mesmas palavras RELAXA, NÃO ESQUENTA!!!!!
CREDITOS: SANDRO DE MARTINO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here