logo

Mato Grosso é o 3º, entre os 12 estados que mais votaram no presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2018, que apresentam as maiores taxas de mortalidade por covid-19. O levantamento é do site Congresso em Foco e foi divulgado na quinta-feira (15).

O estudo elaborado pelo site compara a relação dos votos no pleito de 2018 com estatísticas oficiais de óbitos do Ministério da Saúde, considerando o total de mortes por 100 mil registradas até 6 de abril.  Mato Grosso aparece com 231,9 mortes por cada 100 mil habitantes, ficando atrás apenas do Amazonas (1º) e Rondônia (2º).

No primeiro turno da última eleição presidencial, Bolsonaro alcançou 55.81% dos votos válidos.  O estudo ainda aponta que 7 dos 8 estados que Bolsonaro perdeu a eleição em 2018, são os que têm os menores índices de mortes. Nesse caso, a liderança é dos estados do Maranhão, da Bahia e de Alagoas.

Ricardo Braga, um dos autores do estudo, aponta: “Onde Bolsonaro foi mais votado, foram eleitos em geral governadores que pensam e agem de forma mais parecida com ele, inclusive em relação à pandemia, e isso obviamente tem impacto nas políticas que esses estados seguiram”, disse na reportagem do Congresso em Foco.

Em Mato Grosso, o presidente Jair Bolsonaro ainda tem muito apoio, tanto que muitos deputados estaduais e federais, usaram e ainda usam a imagem do presidente para se beneficiar.  Entre eles estão os federais José Medeiros (Pode) e Nelson Barbudo (PSL). Já os estaduais são Ulysses Moraes (PSL), Elizeu Nascimento (PSL), Delegado Claudinei (PSL), Xuxu Dalmolin (PSC), Gilberto Cattani (PSL) e Sebastião Rezende (PSC).

O governador Mauro Mendes (DEM) nas eleições de 2018 afirmou que votou em Bolsonaro no primeiro e segundo turno daquela disputa.