Após mais de um mês lutando contra a Covid-19, morreu na manhã desta sexta-feira (26.03), a secretária Adjunta de Atenção Básica da Saúde de Cuiabá, ex-vereadora de Várzea Grande Miriam Pinheiro, aos 52 anos.

Ela estava internada em uma Unidade de Terapia Intensiva, no Hospital Santa Rosa, desde 19 de fevereiro em decorrência de complicações da Covid-19.

Nestes quase um mês internada Miriam teve altos e baixos, e chegou a apresentar melhoras em seu quadro de saúde, contudo, nesta semana teve uma piora e precisou ser intubada, e não resistiu.

Miriam era prima do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), que em nota lamentou a morte de sua prima. “A perda de um ente querido causa uma profunda dor no coração de todos nós. Nesse momento de angústia, meu desejo é que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e todos os que eram próximos da Miriam. Ela era uma grande mulher e deixou seu legado em Várzea Grande, onde foi vereadora, e em Cuiabá, onde também prestou seus serviços para a sociedade. Recebo a notícia do seu falecimento com muita tristeza e pesar”, disse o prefeito.

Segundo informações obtidas pelo VGN, servidores da Saúde de Cuiabá estão todos abalados pela perda, por Miriam ser uma pessoa querida por eles.

Nas redes sociais amigos e familiares se deixaram mensagens carinhosas para Miriam. “Eu não estou preparado para suportar esta dor. Meus coração esta dilacerado, estou sem chão. Obrigado a todos pelas orações, seu sorriso ficará para sempre em meu coração” publicou o marido de Miriam, empresário da Comunicação Sérgio Alliend.