Macri diz que irá à Tribunal Penal Internacional por situação na Venezuela
Presidente argentino quer medidas mais eficientes contra crimes do governo de Nicolás Maduro
O presidente da Argentina, Mauricio Macri, planeja denunciar o governo da Venezuela ao Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia pelos supostos crimes contra a humanidade cometidos pelo governo de Nicolás Maduro.

Em entrevista à emissora americana CNN, Macri disse que pretende denunciar o governo do presidente socialista “nas próximas semanas” e que tem o apoio de seus colegas da Colômbia, do Chile e do Paraguai.

“Para mim não existe dúvida: na Venezuela, os direitos humanos são violados sistematicamente passando-se por cima da oposição e de todos. Existe uma sensação crescente de que precisamos adotar uma ação mais vigorosa”, disse ele.

“Maduro não mudou nada. Não estou otimista, no curto prazo, com o que acontecerá na Venezuela”, acrescentou Macri, admitindo que as medidas adotadas até agora por diversos países latino-americanos com relação à Venezuela tiveram poucos efeitos.
creditos: VEJA;(Jorge Saenz/File/AP)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here