Várzea Grande avançou novamente no combate a Covid-19, abrindo o pré-cadastro para pessoas sem comorbidades de 55 a 59 anos e que começam a ser vacinados na próxima semana.

As pessoas com idade entre 18 a 59 anos com comorbidades, já se encontram sendo vacinados desde o dia 23 de maio, bem como amanhã, 03 de junho, Várzea Grande espera concluir a vacinação para os profissionais da Educação pública e privada.

Para o prefeito Kalil Baracat, só há uma maneira de conter o avanço do vírus e minimizar os efeitos da pandemia: vacinação. Então, de acordo com o emedebista, é isso que Várzea Grande vem fazendo ininterruptamente.

“Isto demonstra que temos compromisso com a imunização de toda a população de Várzea Grande. Na medida que existam vacinas disponíveis, já que tentamos sem sucesso, por veto da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, adquirir imunizantes, nós iremos vacinar a todos e todas”,

O pré-cadastro de vacinação para pessoas de 55 anos a 59 anos, foi aberto nesta última quarta-feira(02 de junho), após a confirmação de novo lote de 100 mil vacinas que chegaram a Mato Grosso e de ter atingido a expressiva marca de 66 mil pessoas vacinadas.

De acordo com o secretário Gonçalo de Barros, a abertura da nova faixa etária a ser imunizada segue o Plano Nacional de Imunização – PNI do Ministério da Saúde. Portanto, a gestão municipal segue as recomendações para avançar na imunização e mantém a preocupação em imunizar todas as pessoas dos grupos prioritários, com comorbidades e mais recentemente, os profissionais da educação das redes municipais, estaduais e federais, além das unidades filantrópicas que atuam na segunda maior cidade de Mato Grosso.

Para efetuar o pré-cadastro, a pessoa com idade entre 55 anos a 59 anos deve acessar o site www.varzeagrande.mt.gov.br, na aba Imunização Várzea Grande e, em até três dias úteis, voltar ao site oficial e através do seu CPF confirmar sua inscrição com a data, o horário e o local de vacinação.

“Após o cadastro, já no dia seguinte é ideal que se monitore a confirmação de data e horário da vacinação e manter a atenção para não perder a data de vacinação”.

Sem esconder a satisfação pelo número cada vez maior de vacinados no município, Kalil diz que a cidade segue acelerado em função do planejamento de ações.

“Descentralizamos os pontos de vacinação, oferecemos oportunidades para os moradores se vacinarem em pontos fixos e por meio do drive-thru, ampliamos nossa rede de atendimento hospitalar, criamos centro de triagem eficiente, entre outras iniciativas que respaldaram o município no sentido de cuidar com dignidade do várzea-grandense”, pontuou o prefeito, ainda parabenizando a participação dos servidores da saúde e de parceiros como o Governo do Estado de Mato Grosso e a Assembleia Legislativa, além do Centro Universitário Várzea Grande (Univag).

Sem, contudo, pontuar que o ritmo da imunização segue, claro, de acordo com o recebimento de doses enviadas pelo Ministério da Saúde. Ou seja, doses recebidas significam doses imediatamente aplicadas, resguardando apenas aquelas destinadas a assegurar a segunda dose que consolida a imunização das pessoas vacinadas.