O juiz da 6ª Vara Cível de Cuiabá, Jones Gattas Dias, suspendeu a cobrança de uma conta de energia no valor de R$ 7,1 mil contra o Garden Restaurante – que funcionava na casa noturna Nuun Garden, também localizada na Capital. A decisão é do último dia 12 de maio.

Segundo informações do processo, o Garden Restaurante reclama que abriu as portas pela última vez no dia 27 de fevereiro de 2021, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A organização revela que possui um contrato com a Energisa – concessionária que promove a distribuição e fornecimento de energia elétrica em Mato Grosso -, e adquire antecipadamente 120 kWh, pagando pelo excedente de consumo.