logo

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), descartou qualquer possibilidade de adotar restrições durante os jogos da Copa America em Cuiabá.  Medidas como toque de recolher e fechamento de bares e restaurantes para evitar aglomerações não serão implementadas pela capital mato-grossense.

“Nós não podemos penalizar quem cumpre a lei e as normas de biossegurança. Vamos continuar com tolerância zero com aqueles estabelecimentos que teimam em viver como se estivesse tudo em plena normalidade e com as festas clandestinas e grandes aglomerações em todas as regiões da cidade. Isso tem surtido efeito e vamos continuar exigindo essa responsabilidade, essa conscientização da população em geral”, disse Emanuel Pinheiro (MDB).

Segundo o prefeito, apenas a implementação de barreiras sanitárias para a testagem da população está sendo estudada em conjunto com a prefeitura de Várzea Grande.

“A articulação para a implementação da barreira sanitária a partir do Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande, ficou prejudicada por conta da Copa América. Mas vamos reunir para definir isso”, explicou.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou Cuiabá como uma das cidades sedes. A Arena Pantanal receberá 5 jogos das seleções da Argentina, Uruguai, Chile, Equador e Bolívia, entre os dias 13 e 28 deste mês.

Emanuel Pinheiro buscou junto ao governo federal doses extras da vacina para compensar o recebimento do evento de grande porte.