“As pessoas falam que somos herois, mas nossa realidade é triste”, o desabafo é de uma enfermeira que trabalha no hospital São Benedito em Cuiabá-MT. Ela pediu para não ser identificada com medo de represálias. Mas contou à reportagem do Agora MT que está com salário atrasado.

“O pagamento é dia 15, mas nunca cumprem. Pagam dia 27, dia 28. Tem seis meses que é assim”, contou a enfermeira reforçando que além disso, o refeitório é improvisado e o dormitório tem colchões no chão, compartilhados por várias pessoas.

“Duas, três pessoas dormem no mesmo colchão”, comentou a enfermeira.