O ex-secretário de Estado, Eder Moraes, que tem mais de 100 anos de condenação por acusações de vários crimes de corrupção, descobertos na Operação Ararath, virou cacique do PTC e pretende disputar as eleições de 2022.

Eder tem se colocado como oposição ao governo Mauro Mendes (DEM) e criou até um blog para denunciar o governo. Pode até parecer piada, mas não é.

O curioso é que como a justiça anda lenta, não seria surpresa ele se candidatar, acabar se elegendo e virar deputado estadual.

Isso porque Eder não tem nenhuma condenação em 2⁰ instância, ou seja, ainda é considerado ficha limpa.