Maduro em juramento na Assembleia: "mudanças revolucionárias". (Marco Bello/Reuters)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, tomou posse nesta quinta-feira (24) para mais um mandato de seis anos. A cerimônia foi realizada na sede da Assembleia Nacional Constituinte (ANC), em Caracas.

Maduro foi reeleito em uma votação extremamente contestada, no último domingo. Apenas 46% dos 20,5 milhões de eleitores venezuelanos foram às urnas, após diversos partidos de oposição se retirarem da eleição.

A Venezuela vive nos últimos anos uma das piores crises econômicas de sua história, e milhares de venezuelanos já deixaram o país, buscando fugir da inflação, da falta de oportunidades, da violência e do desabastecimento.

Diversos países, como Brasil, Estados Unidos e a União Europeia, não reconheceram os resultados da eleição como legítimos.