Após horas de reunião na casa do atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), os parlamentares concluíram a montagem da chapa que deverá ser comandar a Casa pelos próximos dois anos.

Uma nova eleição será realizada nesta terça-feira (23), após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) determinar a suspensão do último pleito.

Apenas uma vaga, a de 4º secretário, segue sendo dúvida. Inicialmente, o grupo pensou em colocar no cargo o deputado Valdir Barranco (PT), mas ele se encontra internado em São Paulo por conta da Covid-19 e, por isso, impedido de compor com o grupo.

Outro nome avaliado foi o do deputado Paulo Araújo (PP), mas o seu nome também seria vetado por já ter ocupado o cargo anteriormente.

Com isso, especula-se nos bastidores que a vaga pode ficar com Dr. Gimenez (PV) ou Xuxu Dal Molim (PSC).

Veja como ficaram os demais cargos:

Presidente – Max Russi (PSB)

Vice-presidente – Dilmar Dal’ Bosco (DEM)

2º vice-presidente – Wilson Santos (PSDB)

1º Secretário – Eduardo Botelho (DEM)

2º secretário – Janaina Riva (MDB)

3º secretário – Delegado Claudinei (PSL)

Decisão do Supremo

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, atendeu uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) do partido Rede Sustentabilidade. Na ação, a sigla questionou parte do artigo 24 da Constituição Estadual que permite a recondução no cargo.

Publicada nesta segunda-feira (22), a decisão determina o afastamento e veda a posse, nos mesmos cargos, de todos os demais membros da Mesa Diretora que já ocupavam o mesmo cargo nos biênios 2017/2018 e 2019/2020.

Nova eleição

O presidente Eduardo Botelho (DEM) informou que a nova eleição para a Mesa Diretora será realizada nesta terça-feira (23), às 19h.

Segundo o parlamentar, as chapas deverão se inscrever até as 17h.