A oposição ao prefeito de São Paulo, Bruno Covas, na Câmara Municipal conseguiu reunir as 19 assinaturas necessárias para pedir a abertura de uma CPI da Covid para investigar os gastos da capital paulista na pandemia.

Diferentemente do que acontece na Câmara dos Deputados, para que a comissão seja instalada, é preciso que o pedido de abertura seja aprovado em duas votações, com o apoio de 28 dos 55 vereadores.

O autor do pedido Antonio Donato (PT) afirma que o principal alvo da CPI seria a taxa de mortes, acima da média nacional. “Apesar de ser a cidade com mais recursos, São Paulo teve uma taxa de mortes de 250 pessoas a cada 100 mil habitantes, enquanto esta taxa no País está ao redor de 200″, disse ele ao Estadão.