Por Vinícius Antônio

Texto do áudio:
O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho, chamou o projeto do deputado Wilson Santos de “sem futuro”.

Wilson propôs um projeto de lei que coloca fim aos votos secretos na ALMT.

O projeto de Santos surgiu após a votação que manteve o veto do governador Mauro Mendes, ao projeto que dava fim ao desconto de 14% no salário de aposentados e pensionistas de Mato Grosso.

A votação foi secrete e gerou polêmica após a maior parte dos deputados afirmar que votou pela derrubada do veto, enquanto o sistema da ALMT contabilizou vitória do Governo do Estado.

Sonora: Wilson Santos

Já Botelho disse que vê esse projeto de Wilson como um projeto sem futuro, porque o voto é uma oportunidade para o deputado expressar a sua vontade livre das pressões.