O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (14) que Luiz Inácio Lula da Silva só ganharia uma eleição de maneira fraudulenta, durante cerimônia de entrega de 1.128 títulos de propriedade rural no assentamento Santa Mônica, em Terenos (30 km de Campo Grande).

“Um bandido foi posto em liberdade e tornado elegível, no meu entender, para ser presidente na fraude. Ele só ganha na fraude no ano que vem”, declarou ele em uma cerimônia no Mato Grosso do Sul.