O presidente Jair Bolsonaro fez um discurso com duras críticas ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante sua tradicional live realizada na noite de quinta-feira (10). Na transmissão, o chefe do Executivo disparou contra ameaças feitas pelo tucano de multar o presidente caso ele deixe de usar máscara no estado de São Paulo.

“Eu fui ameaçado de ser multado em São Paulo por não usar máscara. Ô, hipócrita [refere-se a Doria]. Você não respeita o seu povo, rapaz, não respeita ninguém. Vai ameaçar o presidente da República? Tem moral pra mais nada, completamente descredibilizado no seu estado. Tomou medidas ditatoriais em seu estado, fechando de forma indiscriminada”, declarou.

Como exemplo de lugares economicamente afetados pelas medidas restritivas de Doria, Bolsonaro citou o caso da cidade de Aparecida do Norte, tradicionalmente conhecida por ser um destino de romeiros ao longo do ano, que foi duramente impactada pelo fechamento de igrejas para missas e cultos.

“Você acabou, praticamente destruiu, [com] a cidade de Aparecida, que vivia de romeiros, com essa neurose, essa obsessão de achar que vai salvar a vida de todo mundo. Isso é um crime que você cometeu em seu estado, um crime”, afirmou.