Evandro Román, hoje deputado federal pelo Patriotas do Paraná, afirmou na Comissão de Educação da Câmara que os santistas fizeram um ‘conluio’ para derrubar Nelsinho Baptista

Ex-árbitro, o deputado federal Evandro Román (Patriotas) disse nesta quarta-feira, 17, durante a Comissão de Educação da Câmara, que a histórica goleada do Corinthians sobre o Santos por 7 a 1, pelo Campeonato Brasileiro de 2005, não transcorreu normalmente. Segundo o juiz daquela partida, alguns jogadores do Peixe “entregaram” a partida para “derrubar” o então técnico Nelsinho Baptista. Na ocasião, a diretoria santista só foi desligar o treinador duas semanas depois, com a derrota do Alvinegro praiano para o Brasiliense.