Alvos da operação da “Chave de Ouro” Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), os ex-diretores da Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), acusados de desviarem mais de R$ 1.4 milhão, aparecem como doares de campanha nas eleições de 2020.

Patrícia Alves de Oliveira Navarros, que esta presa, como mostra o documento abaixo, realizou uma doação para o atual presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná. No caso do outro ex diretor da Limpurb, Juilson Aguiar Albuquerque, a doação foi feita para o atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

A Delegacia de Combate à Corrupção informou que pretendia ouvir ainda nesta terça-feira (23/03), a ex diretora Patrícia Navarros que foi presa em Florianópolis, Santa Catarina.